RSS

Um copo a mais

Um copo a mais
Um copo não é demais
Se eu for contigo

Não me olhes assim, disse o copo para mim
Porque a tentação, não é mais que uma falsa paixão
E tu tens de pensar: a mágoa pode partir
Mas ela voltará amanhã de manhã

Refrão:
Agora tens de te parar / não paro
Tu já não podes continuar assim / é só mais um
Acorda estás a exagerar / não estou não
Eu sei que te posso mostrar, é uma ilusão

Um cigarro a mais, não há-de ser demais
Para ser social, para ser aceite

E ele pergunta-me a mim, porque é que és assim?
Tão indiferente a eu dominar a tua mente
Ao ponto de pensares, e nunca, nunca duvidares
Que vão marginalizar-te se não fumares

Refrão

Então parti o meu copo desta vez
Sem autorização nem porquês
Vou deixar de ser influenciado
Vou deixar de ser viciado

(Solo do Nelson)

Refrão

Letra: Luke d'Eça e Francisco Borges
Música: 4Taste

Fonte: 4 taste 4 Ever

0 comentários: